2/23/2014

quem não tem cão, planta com gato

Já tinha formulado aqui alguns dos meus desejos (ou deverei dizer decisões?) para este ano.
A parte de não comer carne comecei hoje.
O doutoramento anda sobre rodas e mais mês menos mês digo-lhe: acabei(-te). A parte do bebé ainda vai esperar mais algum tempo mas a horta começou a semana passada, aos pouquinhos.

Sim, vivemos num prédio, não, não temos terraço, mas temos uma varanda ultra solarenga que me parece que se vai tornar no mais bonito jardim que esta cidade já viu. Começamos passo-a-passo, que somos novos nestas andanças. Dois vasos de flores e um de menta (que a Bel diz que é ela, e as flores são os pais).
Na próxima semana planeamos comprar vasos bem grandes e plantar ervas de cheiro. Depois um tomateiro. A seguir morangos. E qualquer dia, vocês chegam aqui e já estou a distribuir legumes.



7 comentários:

  1. Vai passo a passo e tenta mesmo planear a horta e fazê-la por fases, de acordo com o crescimento das plantas! Há imensos blogs sobre "huertos urbanos" para ler e aprender! Beijinhos!

    ResponderEliminar
  2. Outra coisa é: imprescindível sustrato e abono de boa qualidade para evitar pragas. E não ser excessivamente zelosa com muita água, típico erro dos que começam nestas andanças! Bons truques: usar garrafas de água para regar por goteio e os pauzinhos dos gelados podem ser usados para identificar as plantas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu sabes primita. Tens de me vir dar uma consultoria hortícula.

      Eliminar
  3. Nós já cá tivemos alfaces, morangos (ainda temos), tomates, feijão verde... este último é óptimo, cresce em altura, logo ocupa pouco espaço - e era tão bom! ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SIm sim, eu lembro-me de tb plantar na casa antiga dos meus pais. Basta plantar uns grãos de feijão não é?

      Eliminar
  4. Varandas solarengas, vasos, água, umas sementes, fazem uma combinação muito forte!

    ResponderEliminar